Dia 20: A Mamã Claudina conseguiu finalmente montar o seu próprio negócio

Em Moçambique, 70% das pessoas vivem com menos de2 dólares/dia.A maioria das famílias rurais dedica-se à agricultura mas apenas para consumo próprio. Em2012, a UPG começou a financiar algumas Mamãs com vontade e capacidade para ter um negócio seu e,assim tornarem-se auto-sustentáveis.

Em S. Luisade Marillac,iniciámos este projeto-piloto com4 Mamãs, uma delas a Mamã Claudina Tivane. Esta Mamã tem 4filhos todos em idade escolar, uma delas a Ester apadrinhada pela UPG. A Mamã Claudina ia para a machamba quando chovia de modo a produzir alguma coisa para o sustento dos seu sfilhos. Nesta família oa gregado familiar é de 6 indivíduos e ninguém tem rendimento. A UPG financiou esta mãe para desenvolver um negócio e agora a Claudina dedica-se à venda de capulanas,lenços, chinelos e sapatilhas,etc. Com cerca de€100 a€125 é possível ajudar ma Mamã a criar o seu próprio emprego com vista a alimentar os seus filhos e família. Queremos quebrar o ciclo de pobreza local!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s